terça-feira, junho 16, 2015

Quem és tu?



Quem és tu que mal conheço mas com quem sei poder contar?
Quem és tu que me olhas fundo nos olhos como se os tentasses ler?
Quem és tu que num gesto simples recordas anos de ausência?
Quem és tu que sem querer amar me ensinas o que é amor?
Quem és tu que me cozinhas o jantar como se não fosse nada demais?
Quem és tu que me abraças e seguras como se fosse para sempre?
Quem és tu que ainda ontem não estava aqui mas sem o qual não imagino o amanhã?

Acho que sei.

És tu a quem em poucas semanas contei mais que a muitos em anos.
És tu quem me diz que tenho olhos de gata, fazendo-me sentir mulher.
És tu quem se levanta e me traz um copo de água, só porque sim.
És tu que me recordas que para amar há que baixar barreiras e confiar.
És tu que me mostras que a partilha é um tudo feito de pequenos nadas.
És tu que me fazes sentir segura e protegida.
És tu quem já faz parte da minha vida e com quem me vejo a fazer planos para o futuro.

És tu.


Sem comentários: