segunda-feira, julho 14, 2008

Vivemos separados

Sempre achei que sabia perder. Mas afinal nao sei.
Odeio o vazio deixado por algue'm que aqui esteve, riu, gritou, cantou, sentiu... e agora esta, ri, canta, sente noutro lugar qualquer. Mesmo que regresse para estar, rir, gritar, cantar, sentir. Mesmo que so' o faça verdadeiramente aqui. Mesmo que esteja, ria, grite, cante e sinta de outra maneira, noutro local. Porque e' assim. Porque queremos estar, rir, gritar, cantar, sentir o que nos apetece mas nao podemos.

Passamos tanto tempo com estranhos. Mas nunca os conhecemos. E tantas vezes quem conhecemos se torna um estranho. Simplesmente porque estamos, rimos, gritamos, cantamos e sentimos nao o que queremos nem com queremos.

1 comentário:

Sereia* disse...

ena pá!!! Um regresso!!!

Fico feliz... não pares agora, vá lá!!!!

Eu vou voltar sempre para te ler...
Vamos...
Volta lá outra vez... só mais uma...

SIM???
SIM???

;)

Beijos de Sereia ou de irmã*